O Ministério Público de Santa Catarina utiliza cookies para gerar informações estatísticas de visitação, aperfeiçoar a experiência do usuário e prestar os serviços online.
Respeitando seu direito à privacidade, em breve você poderá fazer a gestão dos cookies por ferramenta própria disponível no site.
Até a implementação da ferramenta, você poderá optar por impedir/modificar esse tratamento por meio das configurações do seu navegador.






Na próxima quarta-feira (20/07), o Tribunal do Júri da Capital julgará mais um homem denunciado pelo Ministério Público de Santa Catarina (MPSC) por feminicídio: José Odair da Rold, que matou a companheira com quem morava há mais de um ano, em um sítio no Ribeirão da Ilha, no Sul de Florianópolis. 

O crime ocorreu na noite de 15 de abril de 2019, na residência do casal, em um sítio no bairro Ribeirão da Ilha, em Florianópolis. O acusado relatou, que após desferir um soco na face da vítima, ela caiu no chão e chocou a cabeça em uma pedra, o que causou a morte da sua companheira.   

Rold, após verificar que a mulher não estava mais respirando, abandonou o corpo no local. No dia seguinte, decidiu atear fogo no cadáver e justificou tal ato como a realização de um sonho da companheira, que, segundo ele, queria ser cremada e ter suas cinzas espalhadas "na natureza". Após, o acusado enterrou os restos mortais carbonizados em um matagal próximo ao sítio onde residiam.     

O acusado registrou o desaparecimento da vítima a partir do dia 15 de abril 2019, data do crime. Durante as investigações, a Polícia Civil descobriu novas informações, contando com a ajuda de imagens e cão farejador, e Rold acabou confessando ter matado a companheira e indicou o local onde havia enterrado o corpo.   

O réu será julgado pelo Tribunal do Júri da Capital, na próxima quarta-feira (20/07), acusado por feminicídio, pois praticou o crime contra a companheira em razão da condição da vítima, relativa ao sexo feminino, e no contexto da violência doméstica. Além disso, será julgado, também pelo crime conexo de ocultação de cadáver.

SERVIÇO  

O quê: Sessão do Tribunal do Júri  

Onde: Vara do Tribunal do Júri da Comarca de Florianópolis - Fórum Rid Silva (ou Foro Central) - Rua Álvaro Millen da Silveira, n. 208, subsolo, Centro, Florianópolis, Santa Catarina.   

Quando: 20-07-2022    

Horário: 09:00 horas  

Público: presencial, imprensa e para o público em geral.