O Ministério Público de Santa Catarina utiliza cookies para gerar informações estatísticas de visitação, aperfeiçoar a experiência do usuário e prestar os serviços online.
Respeitando seu direito à privacidade, em breve você poderá fazer a gestão dos cookies por ferramenta própria disponível no site.
Até a implementação da ferramenta, você poderá optar por impedir/modificar esse tratamento por meio das configurações do seu navegador.



Post

Em Canoinhas, a compra de equipamentos de proteção individual contra o coronavírus para os profissionais das áreas da saúde e segurança pública foi viabilizada pelo Ministério Público de Santa Catarina (MPSC) com o direcionamento de verbas de transações penais para este fim.

Os recursos foram destinados ao Conselho Comunitário da Comarca de Canoinhas, que adquiriu máscaras, protetores faciais (imprescindíveis para aqueles que fazem o atendimento direto aos pacientes que precisam ser entubados), luvas, macacões impermeáveis, óculos de proteção, capas, aventais entre outros.

Os equipamentos foram entregues para o Hospital Santa Cruz de Canoinhas, o Pronto Atendimento de Canoinhas, o Comando do Corpo de Bombeiros, a Polícia Civil, a 3º Batalhão da Polícia Militar e Agentes Prisionais. O Conselho Comunitário irá adquirir, ainda, termômetros digitais para aferição da temperatura de pessoas suspeitas de contaminação.

Em reunião dos Promotores de Justiça Renato Maia de Faria e Bianca Andrighetti Coelho com os prefeitos da região, foi definido que o Hospital Santa Cruz - o maior da região, localizado em Canoinhas -, receberá respiradores dos demais municípios e concentrará atendimentos dos casos de pessoas contaminadas pelo coronavírus, enquanto os outros dois hospitais, menores, receberão os demais casos. A medida visa evitar contaminação de pessoas de grupos de risco.