O Ministério Público de Santa Catarina utiliza cookies para gerar informações estatísticas de visitação, aperfeiçoar a experiência do usuário e prestar os serviços online.
Respeitando seu direito à privacidade, em breve você poderá fazer a gestão dos cookies por ferramenta própria disponível no site.
Até a implementação da ferramenta, você poderá optar por impedir/modificar esse tratamento por meio das configurações do seu navegador.



Post

O Ministério Público de Santa Catarina (MPSC) recebeu uma homenagem em função da atuação no combate à pandemia da Covid-19 no estado. A instituição foi certificada pela Secretaria de Estado da Saúde (SES) como forma de agradecimento pela contribuição junto ao Centro de Operações de Emergência em Saúde (COES). A condecoração foi entregue durante uma reunião solene promovida pelo Governo de Santa Catarina nesta quinta-feira, 31. 

O acompanhamento dos trabalhos do COES pelo Ministério Público de Santa Catarina iniciou em 29 de abril de 2020. Para o Coordenador do Centro de Apoio Operacional dos Direitos Humanos e Terceiro Setor, Promotor de Justiça, Douglas Roberto Martins, o certificado é o reconhecimento dessa atuação resolutiva e dialogada que foi fortalecida ao longo da pandemia. "Foram quase 2 anos de um trabalho de articulação, diálogo e troca de informações que nos tirou, todos, do conforto das formas tradicionais de atuação para o enfrentamento de um desafio sem precedentes na história recente. A dinâmica da crise exigia agilidade nas decisões e respostas em um cenário que se modificava a todo instante, o que impôs a aproximação e o trabalho conjunto para garantia de maior eficiência", explicou.  

Post

O Promotor de Justiça reforça que a pandemia e o trabalho continuam e o momento é de agradecimento e reconhecimento. "Ainda que não se tenha o que comemorar, dadas as milhares de vidas perdidas no Estado e no País, sofrimento irreparável experimentado por inúmeras famílias, o momento é de reconhecimento do trabalho realizado pelo Ministério Público em todo o Estado, com diálogo, com aproximação, mas sem abdicar de sua missão constitucional de defesa dos direitos sociais e individuais indisponíveis ao longo de todo o período de calamidade, buscando contribuir, dentro das condições sociais e políticas que se apresentaram, para a minimização dessas consequências", destacou.  

Criado no começo da pandemia, o COES é um colegiado formado por diversas instituições, entidades e profissionais, dentre os quais está o MPSC. O órgão é responsável por coordenar as ações de enfrentamento à Covid-19, propondo notas técnicas, portarias, regramentos sanitários e soluções conjuntas.