O Ministério Público de Santa Catarina utiliza cookies para gerar informações estatísticas de visitação, aperfeiçoar a experiência do usuário e prestar os serviços online.
Respeitando seu direito à privacidade, em breve você poderá fazer a gestão dos cookies por ferramenta própria disponível no site.
Até a implementação da ferramenta, você poderá optar por impedir/modificar esse tratamento por meio das configurações do seu navegador.




Post

Agora, os cidadãos e cidadãs catarinenses poderão acompanhar os dados e informações relativos à violência contra a mulher no estado de Santa Catarina pela internet. O site do Observatório Estadual da Violência contra a Mulher (OVM/SC) foi lançado em evento realizado na Assembleia Legislativa nesta terça-feira (31/8).

A Procuradora de Justiça Cristiane Rosália Maestri Böell, coordenadora do Grupo de Enfrentamento à Violência Doméstica e Familiar contra a Mulher (GEVIM), é a representante do Ministério Público de Santa Catarina (MPSC) no grupo de trabalho que desenvolveu o observatório. A Procuradora de Justiça explica que todos os dados do MPSC relacionados à violência contra a mulher estarão disponíveis na página. "Trata-se de um sistema de informações sobre a violência contra a mulher em Santa Catarina construído por muitas mãos, num verdadeiro esforço interinstitucional", avalia.

O observatório foi criado em março deste ano. O MPSC assinou o termo de cooperação técnica que o instituiu oficialmente.

O OVM é uma ferramenta que será utilizada para basear a proposição de novas políticas públicas de combate à violência contra mulher. Além de disponibilizar dados sobre medidas protetivas, feminicídios e gráficos, a página também vai reunir informações sobre o acolhimento, segurança, educação, trabalho, desenvolvimento e saúde das catarinenses. O site também explica como funciona a rede de enfrentamento e orienta sobre como denunciar algum tipo de violência e buscar ajuda.

Os dados apresentados no site do observatóriofomentarãoprojetos de lei,programas e ações desenvolvidas a partir do diagnóstico da situação da violência contra a mulher no estado. "O lançamento do site é mais um passo para a construção de um mundo em que as mulheres possam exercero direito de serem livres de discriminação e de violência", conclui Böell.

Acesse o site do OVM: ovm.alesc.sc.gov.br

Post

Observatório Estadual da Violência contra a Mulher 

O OVM é uma iniciativa da Assembleia Legislativa de Santa Catarina, por meio da Lei Estadual 16.620/2015, com a cooperação do MPSC e de diversas instituições. 

Integram o Comitê Gestor do Observatório Estadual da Violência contra a Mulher: Assembleia Legislativa de Santa Catarina, Conselho Estadual dos Direitos da Mulher, Defensoria Pública de Santa Catarina, Ministério Público de Santa Catarina, Ministério Público de Contas, Ordem dos(as) Advogados(as) do Brasil, Polícia Civil do Estado de Santa Catarina, Secretaria de Estado do Desenvolvimento Social, Tribunal de Justiça de Santa Catarina e Universidade Federal de Santa Catarina. 

Leia também: